Ocorreu um erro neste gadget

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

ALAN JORGE




A lan Jorge
L indo por fora maravilhoso por dentro
A gora quero lhe falar como TE AMO.
N ada pode mudar esse meu sentimento.

J untos caminhamos muitos anos...
O nde vários momentos fisicamente distantes...
R umos que a vida nos levaram...
G enitora não sou,
E mbora de coração, mente e vida sou...e me orgulho disso!!!!
 
 
autora: (Cyda Ferraz)

terça-feira, 23 de outubro de 2012

CARTA A EXA SRA PRESIDENTA DILMA ROUSSEF, AO POVO BRASILEIRO,...




CARTA A EXA SRA PRESIDENTA DILMA ROUSSEF,
AO POVO BRASILEIRO,
AOS PAULISTANOS,
A TODOS QUE SOFREM COM AS INJUSTIÇAS.


Hoje no noticiário da TV Record, assistimos atônitos que um bebe de sete dias faleceu por falta de cirurgia...
Seu nome? Matheus, mas poderia ser Maria, João, etc...
Matheus lutou bravamente por sete dias, nasceu com um problema em seu coraçãozinho e a chance de viver era uma cirurgia URGENTE!
Os pais desesperados, pois dinheiros não tinham e nem políticos são...
Com autorização de um JUIZ para fazerem a cirurgia, os hospitais públicos alegaram não terem vagas e o brasileirinho como a Exa. Senhora presidenta Dilma Rousseff gosta de chamar nossas crianças, veio a falecer.
Pois bem exa. sra. presidenta Dilma enquanto está preocupada com a candidatura do Fernando Haddad aqui em nossa Capital São Paulo, onde como presidenta deveria ser isenta de PARTIDO...os brasileiros, brasileiras, brasileirinhos e brasileirinhas estão morrendo, estão sendo massacrados pela violência urbana que nossas leis fracas e ultrapassadas não mudam, também morrem, mesmo a justiça obrigando, por falta de leitos, médicos incapacitados para exercer sua profissão, a senhora sabia que 47% dos estudantes de medicinas que saíram da faculdade não passaram em uma exame que avaliaram nossos novos médicos?
Sim exa. sra. dona presidenta o Matheus que hoje os noticiários deram sua morte, não era paulista (onde a senhora está frequentando em seus comícios para o seu candidato, impondo que apenas se for Petista terá apoio federal... subestimando nossa inteligência, pois a senhora representa nosso Pais e não um partido), não era carioca ou do nosso belíssimo norte e nordeste onde a situação é mil vezes pior, se é que é possível...
O Matheus dona Dilma é do Distrito Federal, sim, da nossa capital que se destaca pela beleza de sua arquitetura, de onde temos seu endereço por quatro anos, apesar de nunca ficar lá, pois tanto o PT criticava Fernando Henrique Cardoso que vivia viajando, a Senhora só está aqui mais tempo aguardando ansiosa a vitoria do seu candidato na nossa capital que move o Pais...
Então exa sra presidenta Dilma nosso brasileirinho morreu onde a senhora está no comando, não conseguiu uma cirurgia, agora me responda, por favor, pois sou ignorante:
- Como pretende ajudar a resolver os problemas de São Paulo senão resolve nem os que estão embaixo do seu nariz? Vai alegar que não sabia de nada?
- Se fosse seu neto?  Com certeza teria o melhor atendimento e os melhores hospitais e médicos, e não me surpreenderia que fossem pagos com o dinheiro publico...
- Matheus não teve a oportunidade nem de conhecer os próprios pais, mas seu neto até em abertura de copa na Inglaterra esteve, e com certeza em outras viagens pelo mundo, e nada, mas nada mesmo me surpreenderia se fosse pago com "nosso" dinheiro...
Exa. sra presidenta com todo meu respeito:
-Não subestime a inteligência nossa!  Brasília está em um abandono TOTAL!!!!!!!!!!!!!!! E a sra se preocupa com São Paulo? É muito estranho...
e com todo meu respeito exa. Porque não usa sua força e energia para o BRASIL inteiro? Independente de partido, já que foi eleita para representar nosso País?
Quando for falar em brasileirinhos e brasileirinhas;  com as ajudas que a maioria que recebe nem precisa... Lembre-se:
A Exa sra. dona presidenta é responsável por todos nós.

Aos pais do Matheus meus sinceros sentimentos, imagino que hoje perderam mais da metade de vossos corações.
Aos brasileiros em geral nossa arma é nosso voto.
Pensamos bem o que queremos. Mais Matheus? Ou mais JUSTIÇA, SAUDE, EDUCAÇÃO?

De uma brasileira inconformada com tanta corrupção e perdas de pessoas, que mesmo não conhecendo doem em minha alma.

obrigada

Maria Aparecida Borestein.
Cyda Ferraz
Enviado por Cyda Ferraz em 23/10/2012
Código do texto: T3948134
Classificação de conteúdo: seguro

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

MULHER



Obra prima criada por Deus...
Musa das mais belas poesias e canções...
Anjo que a todos protege...
Inspiração para os melhores momentos...
Delicadeza de uma flor,
Fortaleza de um blindado...
Amor incondicional...
Coração enorme...
Sentimentos puros e brandos,
Mas sabe tambem usar o lado negativo
Com força total.
Inteligente e sutil...
Usa suas armas com displicencia,
Pois sabe bem o que quer,
Onde quer chegar.
Tarefas multiplas e bem executadas
Muitas vezes não compreendida
Sabe fazer do choro sua força,
Com sua alegria ilumina quem a cerca
Fragil no fisico
Mas forte e poderosa com seu jeitinho mimado
Dengosa quando quer ser
Fera na hora que precisa
Qualidades e defeitos vai aprendendo a viver
Sempre da melhor maneira
Com sabedoria de sobra
Ensina como se formar um ser humano
Tudo isso e muito mais
Forma a alma da mulher
Mulher que luta, batalha, somos guerreiras
Somos carentes, somos fortes, somos as colunas de uma casa
Nós somos mulheres.


Autora: (Cyda Ferraz)

Cyda Ferraz
Enviado por Cyda Ferraz em 06/03/2011
Reeditado em 06/09/2011
Código do texto: T2831392
Classificação de conteúdo: seguro

domingo, 23 de setembro de 2012

PRIMAVERA DO AMOR




P asso horas e horas pensando em você...
R osto que lhe pertence, se encontra em minha mente tão presente.
I magino suas mãos me acariciando...
M e entrego nessa magia...
A mor que é minha vida.
V olúpia desmetida...
E ncantos de sua boca...
R osas me presenteia.
A primavera favorece nosso romance.

D oce como mel...
O nde nada é proibido.

A h! Quantas recordações maravilhosas...
M emória que não quer se apagar...
O nde apenas saudades e dor deixou.
R asguei suas cartas, mas e as lembranças, o que eu faço?...



autora: Cyda Ferraz

postado no desafio de acrostico
Cyda Ferraz
Enviado por Cyda Ferraz em 27/10/2008
Reeditado em 20/02/2012
Código do texto: T1251016
Classificação de conteúdo: seguro

sábado, 15 de setembro de 2012

GRITO DE ALERTA



Uma força maior, onipotente e onipresente,
Que a tudo consegue ver, analisar, conferir,
Ter o discernimento correto do certo e do errado.
Não consigo imaginar, que alguém não o sinta
É tão poderoso que até uma folha só cai
Com a sua permissão.
Alguém não crê?
Que tristeza, pois só olham para o lado humano
Tudo que está acontecendo, já havia avisado:
O homem com seu livre arbítrio e sua ganância,
Maltrata outro ser humano chegando até matá-lo...
Destrói a natureza que Ele nos presenteou com tantas belezas...
Fez-nos a sua imagem e semelhança
Misericordioso, bondoso, mas extremamente justo.
Sua justiça é implacável, mas perfeita.
Pois tudo é feito com sabedoria infinita.
Você homem cruel que apenas destrói
A natureza está batendo a sua porta, te cobrando!
O mapa mundi não será mais o mesmo.
Não acreditas? Não vê a revolução que está acontecendo?
Acidentes que partem dezenas e até centenas de pessoas
O gelo derretendo fazendo os oceanos aumentarem de volume.
O mar avançando cada vez mais.
Tsunamis que matam aos milhares
Destruição quase total em formas de furacão...
Vulcões que soltam suas larvas cada vez mais quentes e constantes...
Incêndios em matas que chegam à população...
Chuvas contínuas que inundam, destroem e exterminam várias cidades...
Terremotos cada vez mais poderosos...
É a grande peneira...
O início do apocalipse...
Está escrito quando acabar o amor de mãe:
Aquele amor de renegação, incondicional e indestrutível, será o fim do mundo.
E isso já está acontecendo...
Ainda tem alguma duvida?
O temor a Deus não é mais ensinado
Como podemos viver sem temer a nada e ninguém?
Sem aprendermos o verdadeiro significado da palavra: amor, respeito, obediência?
Pai mata filho e vice-versa
Mãe abandona filho e vice-versa
O homem se afasta do amor de Deus.
Segue a palavra do homem e não de DEUS.
E se instala o caos em nossas vidas em nosso coração...
Acordem para a vida, despertem antes que seja muito tarde...
Aprendam o verdadeiro significado do amor,
Amor não é atração física, é conseguir enxergar a alma
Verdadeira do próximo e dividir isso
Independente do físico aceita-lo dessa forma
Com defeitos e qualidades como nós também possuímos
Eis um grito de alerta,
Amem, procurem Deus que está em seu coração
Protegendo, te esperando e te aceitando da forma que você estiver.
Ele nos transporta em seus braços quando nossas forças parecem se esvaírem...
Com esse amor encontramos o paraíso...


Autora: (Cyda Ferraz)
Cyda Ferraz
Enviado por Cyda Ferraz em 25/10/2009
Reeditado em 15/09/2012
Código do texto: T1886477
Classificação de conteúdo: seguro

domingo, 9 de setembro de 2012

ONDE ENCONTRAMOS DEUS?


domingo, 26 de agosto de 2012

ATÉ QUANDO?



Até quando... Iremos aturar essa hipocrisia?
O povo irá ser massacrado, triturado?
Até quando... O professor irá ensinar sem vontade nem alegria?
O aluno irá continuar analfabeto?
Até quando... Os verdadeiros corruptos ficaram livres, leves e soltos?
Vão nos mandar relaxar e gozar?
Até quando?
Os pais irão confundir liberdade com libertinagem?
Nosso grito ficará preso em nossa garganta?
Iremos ficarmos cegos?
Fingiremos que tudo está correto?
Até quando... Irão nos considerarem palhaços?
Até quando?... Até quando?
Essas e outras perguntas ficarão sem respostas?
Não sabemos, mas uma coisa é certa:
Quando... O professor tiver salário justo e ensinar com vontade, com dom.
O aluno aprender em casa o que é RESPEITO.
A justiça parar de aplicar injustiças e ser igual para todos sem distinção.
Nossos políticos pararem de relaxarem e gozarem com o nosso dinheiro.
Esse povo sofrido... Aprenderem a VOTAR.
Até quando?...Infelizmente irá demorar...

autora:Cyda Ferraz
Cyda Ferraz
Enviado por Cyda Ferraz em 26/04/2008
Código do texto: T963077


segunda-feira, 9 de julho de 2012

domingo, 18 de março de 2012

PRISIONEIROS SEM GRADE


Você chega a um ponto de sua vida que não sabe para onde ir?

Está livre, mas não sabe para onde ir?

E agora? Você se pergunta...

Passou anos em uma redoma que o que prevalecia era sua família, marido, filhos...

E um belo dia você acorda e se pergunta:

- Onde está minha vida?

E tenta desesperadamente encontrá-la e não consegue enxergar.

Sabe a resposta:

Sua vida ficou aprisionada em um casamento, vieram os filhos.

Com os filhos pequenos não dava tempo nem de pensar nessa redoma, alias nem sabia que havia.

Os filhos crescem cada um parte para sua vida, afinal, passou anos estruturando eles para isso,

É mas quando essa hora chega dói, e dói muito, mas não tem o que fazer, é apoiá-los sempre.

O problema agora é que ficaram apenas vocês dois em uma casa, com a atenção voltada agora apenas para uma pessoa, temos que nos readaptar.

Mas essa readaptação é muito difícil, afinal, foram anos de um jeito, de uma forma, aonde tudo os filhos vinham primeiro. Não tem nada mais haver com os primeiros tempos de casamentos eram somente os dois e era tão bom...

Dar de cara com essa realidade é difícil, nos damos conta que todos esses anos vivendo para os filhos nos esquecemos de nós e do outro parceiro.

Afinal achávamos que tudo estava ótimo, relacionamento, companheirismo, cumplicidade...

Mas quando nos deparamos com a pura realidade onde frente a frente ficamos somente nós dois...

Meu Deus não foi com essa pessoa que me casei!

E fica pensando: o outro era assim? Será que estava tão ocupado com os filhos que não notei ou será que se transformou?

E sem resposta fica perdido. O outro então entende menos ainda! Afinal, ele também está passando por essa transformação e dando de cara com a realidade.

Como passar por essa transformação os dois juntos?

Afinal você vê que está só.

Eu acredito que seja com muito dialogo, e repensar se o amor continua.

Se a resposta for negativa, o que fazer?

Sempre viveu para o trabalho, a família, filhos, marido e agora?

Agora se vê aposentada os filhos cada um vivendo sua vida e o marido não agüentou essa nova situação.

E mesmo sem grades se vê aprisionada em seus sentimentos, em sua antiga forma de viver.

A jaula abriu, mas foram tantos anos que nem sabe por onde começar ou mesmo continuar.

Se sente sem chão, sem coluna, sem base.

Sabe que tem que recomeçar, e esse novo caminho é sozinha.

Pergunto-lhe, antes você tinha apoio? Ou sempre se sentiu só?

Seus passos foram guiados e protegidos por quem?

Na idealização de uma vida boa, não perfeita, pois não existe, acreditou que tinha tudo isso,

Mas agora que a realidade bate em sua face com força, revê o passado como um filme e vê ali como você foi incompetente em jogar tudo pro ar, não permitir que grades e falta de companheirismo, cumplicidade de cegou, ir à luta só, pois só sempre esteve.

A única preciosidade que tinha eram os filhos que dependiam de sua força e coragem.

E essa dependência era seu combustível.

Agora você tem que encontrar outro combustível, pois a vida tem horas que pode se apresentar dura e sem saída

Mas nunca se esqueça você chegou até aqui pelos seus méritos, por mais que o outro tente te menosprezar, não se abata, afinal, quem mais perdeu foi você, principalmente seu tempo, sua saúde, sua felicidades.

Agora está impossível enxergar uma saída, mas sei que tem apenas olhe com mais tranqüilidade ao seu redor, sempre foi independente dona de seu nariz e não porque decidiu dividir sua vida alguém que não a tenha mais, é só uma questão de calma e tranqüilidade para reencontrá-la que ficou perdida no tempo e no espaço.

Andar sempre em frente deixe o passado no lugar devido, não se remoa com mágoas, e palavras duras, você tem uma vida pela frente e coragem não lhe falta.

Autora: Cyda Ferraz

domingo, 11 de março de 2012


POEMA INACABADO


Ando como se fosse um zumbi...
Vejo as pessoas, mas não as reconheço...
Como se eu fosse invisível
Passo por tudo e todos
Despercebida, completamente desatenta,
Sem vontade de ser notada...
Passam os dias em uma profunda agonia
Em marcha tão lenta... Como se parasse
Seria ótimo se estacionasse,
Eu pudesse descer e gritar:
-Chega! eu não agüento mais
-Socorro! Onde me encontro?
Onde eu estou?
Necessito me encontrar...
Reencontrar-me dentro de mim...
Recomeçar tudo, como se nunca tivesse vivido,
Da marca zero, para apagar meus erros
Um passado, cheio de enganos...
Na tentativa de apenas acertar...
Consegui errar... cheia de arrependimentos
Que tão pequena porção acertei!
Nesse mundo louco
Eu fui à loucura completa e insensata...
Único orgulho: saber que mesmo errando...
Tentei! Com todas as minhas forças...
Muitas vezes engolindo desaforos e desamores...
Pensaram que eu era capacho,
E poderiam pisar sem dor provocar...
Sucessões de erros acumulados
Em nome de uma falsa felicidade!
Alma ferida, infeliz e amargurada
Consegui nessa busca infundada,
Criei castelos em areia,
Amparada apenas em ilusões...
As quais não encontro mais...
Visto que nada restou...
Minha vida segue a diante
Vou tentando ir em frente
Afinal encontro-me
Como esse poema!... inacabado...


Autora: (Cyda Ferraz)
Cyda Ferraz
Enviado por Cyda Ferraz em 20/03/2009
Reeditado em 20/03/2009
Código do texto: T1496127